O que NUNCA dizer a um filho

Este é o primeiro post da Categoria “As Pérolas da Minha Mãe” e, por isso, sinto necessidade de fazer uma breve introdução.
A minha (querida) mãe, tem uma veia artística no que toca a inventar palavras e justificações para os acontecimentos da vida, entre outras qualidades, claro.

Esta história aconteceu e serve de  incentivo a todas a mães de Portugal (e futuras) do que NUNCA se deve dizer a um filho. 

capa 1º texto

Então foi assim…

Todos os anos, em Chaves, há a Feira dos Santos (barracas, farturas, diversões, mais farturas, 12 pares de meias 5€…) e houve um ano em que eu queria MESMO MUITO uma cobra de madeira (sim, eu era uma criança estranha).

Acontece que fiz esse pedido à minha mãe e ela respondeu o seguinte:

“Uma cobra de madeira? Nem penses! Os produtos que elas levam provocam cancro!”

Eu eu acreditei.

Fiquei triste mas tinha medo. E, a verdade, é que deixaram de vender aquelas cobras!
Nunca mais vi nenhuma cobra de madeira à venda (provavelmente porque não se vendiam mas eu achava que era o cancro).

Uns anos depois…

estava a almoçar com a minha família e dá uma notícia na televisão sobre cobras… e a minha mãe enoja-se toda e faz grunhidos para que fosse mudado o canal de televisão.

E é aí. Passados todos aqueles anos, eu finalmente entendi porque nunca pude ter uma cobra de madeira.

Olhei para ela com a boca aberta, chocada por ter sido enganada : “ESPERA LÁ! É POR ISSO QUE NUNCA ME DEIXASTE COMPRAR A COBRA DOS SANTOS?!”
Tive de recordar a história e a resposta que ela me deu na altura… e a reação dela foi a seguinte:

RJnSwk

Mas a história não acaba aqui…

Algum tempo depois, estava eu a tirar a Licenciatura na Universidade de Aveiro e estava a contar esta história ao meu pedaço de terra (afilhado de praxe, na linguagem comum) quando ele me responde: “Ah, eu tenho uma cobra destas, está lá num canto a apanhar pó. Queres ficar com ela? Dou-ta.”

E foi pura felicidade. No dia em que ele me trouxe a Mónica Malaquias realizei um sonho de infância.
Liguei à minha mãe a avisar que ligasse os dados porque lhe ia mandar uma foto.

0

1
Como podem ver… nem me respondeu.

Conclusão da história:

Não vale a pena mentir, mães de Portugal. As crianças têm uma memória assustadoramente boa e, um dia, o Karma pode vir e em forma de cobra de madeira.

A Melo Dramática.

5 pensamentos sobre “O que NUNCA dizer a um filho

  1. Pingback: A solução para TODOS os problemas. | A Melo Dramática

  2. Pingback: Quando fui apanhada a roubar | A Melo Dramática

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s